Qual campeonato é melhor: La Liga ou Premier League?

As duas ligas mais vistas no mundo. Imagem: sportskeeda.com

Por Rodrygo Nascimento
FutebolNews

A La Liga e a Premier League de longe são os melhores campeonatos da Europa. As duas ligas tem mais representatividade, estrelas e grifes do que qualquer uma, porém, qual é a melhor? Sim, existe uma liga melhor, existe um campeonato melhor e não basta olhar apenas para os números de equipes, para o tamanho das de suas marcas. Vai muito além disso. A disputa pelo título, por vaga em competição, contra o rebaixamento conta para o equilíbrio do campeonato.

Rotulado como campeonato de dois times. O Campeonato Espanhol, para quem não acompanha, pode ser apenas isso. Porém, por trás de equipes sem tanta badalação, investimento ou história, existem grandes trabalhos. Sólidos e consolidados, dentro da realidade de cada equipe, incomodam bastante os times grandes. Abelardo, Quique Santien, Pepe Bordalas e Paco Lopez representam um pouco disso à frente de Alavés, Bétis, Getafe e Levante.

Se espalhar e diluir em âmbito nacional, as disputas pelo G-4, para competições europeias, são sempre surpreendentemente mais acirradas e bem mais democrática do que a Premier League. Considerando o período de 10 anos, 7 equipes passaram pelo grupo dos quatro melhores do campeonato, em La Liga foram 9. Enquanto ao número de campeões o domínio existe em ambas as competições, Manchester United com 13 títulos é soberano, Chelsea vem logo atrás com apenas 5 conquistas. Isso em um recorte desde o início da Premier na temporada 92/93. No mesmo período na Espanha o Barcelona lidera com 12 títulos, porém, com menos vantagem para o segundo colocado que é o Real Madrid que tem 8. Ou seja, a impressão de que existe um abismo de uma competição para a outra não passa de uma falácia. Se for levar em conta ao longo da história em competições europeias, os times espanhóis tem um domínio absurdo com 49 títulos contra 35 dos times ingleses.

A Liga espanhola vem com o mesmo molde desde o final dos anos 20, já na Inglaterra, a profissionalização do futebol veio bem antes. Sempre com grandes marcas e grifes, hoje sem o mesmo tamanho que antes, como New Castle, Aston Villa, Nortighan Forest, Derby Couty. Os times ingleses sempre tiveram seus nomes ligados aos grandes da Europa. E isso só aumentou com o título da Copa de 1966 que alavancou ainda mais seus jogadores e valorizou suas equipes. Quando inicia a Premier League, os times ingleses vinham de uma punição nas competições europeias, por conta das brigas de seus torcedores. Até por isso, a disparidade de títulos fez com que aumentasse de forma abissal. Mas esta reformulação vem para justamente melhorar a imagem, aumentar o lucro e catapultar a marcar do Campeonato Inglês, que hoje, lidera a audiência na Europa e no mundo.

Então, por mais que a La Liga seja mais democrática, com mais títulos, tenha a grife, história e audiência. Se torna inviável não eleger a Premier League como o campeonato melhor. Conseguiu colocar o seu “produto” em outro patamar, elevando o nível da competição. FA, federação de futebol da Inglaterra, virou modelo para outras ligas, inclusive a espanhola. Hoje é a mais rentável, tem mais grifes, história, longevidade, grandes nomes. Mesmo que em âmbito europeu não consiga ter tantos títulos ou domínio, suas equipes conseguem ter uma relevância importantíssima para os campeonatos. Outro ponto a favor é a padronização do número das camisas, independente dos patrocínios, padronização do gramado e uma divisão de cotas de tv também ajuda a mostrar o nível de organização da Premier League. Por isso, neste duelo de ligas, a Premier League leva a melhor.

0 Comentários