Relação instável entre Deyverson e Palmeiras

Créditos: gazetaesportiva.com

Por: Breno Araujo
FutebolNews

O atacante chegou ao Palmeiras em 2017 totalmente desconhecido e com a missão de substituir Gabriel Jesus. No início ele não conseguiu chamar a atenção e amargou o banco de reservas por um bom tempo, chegando a não ser relacionado para os jogos algumas vezes.

Com a chegada de Felipão, Deyverson respirou novos ares e conseguiu mais oportunidades para mostrar seu futebol. Seus números melhoraram bem como o relacionamento com a torcida, que até chegou a pedir a entrada do atacante em alguns jogos.

Apesar da boa fase, o chamado por muitos de “menino maluquinho”, tem um chip a menos na cabeça, segundo ele mesmo, e esse foi o principal motivo para quase ser vendido pelo clube paulista. No último clássico contra o Corinthians, Deyverson deu uma cusparada em Richard e foi expulso pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira. Fora dos gramados foi punido pelo Palmeiras em R$ 350 mil e pela Federação Paulista por 6 jogos.

Essa foi a gota d’água para a torcida palmeirense, que se irritou muito com a irresponsabilidade e falta de respeito do jogador com o clube e pediu a saída imediata do atleta.

Entretanto, no último sábado o técnico Felipão confirmou que Deyverson fica no Palmeiras, mas no dia seguinte circulou um vídeo nas redes sociais em que o atacante dizia que estava indo para a China. Logo depois ele publicou mais um vídeo dizendo que se tratava de mais uma brincadeira, atitude que irritou mais ainda a torcida.

Agora que está decidida a permanência do atleta, o que resta para ele é focar e se doar em campo, como sempre fez, aprender com seus erros, ter a consciência do tamanho da camisa que veste e buscar uma regularidade nesse relacionamento com o verdão. 

0 Comentários