Relembre a trajetória do Flamengo até a Final;

Assombrado por campanhas não muito convicente na competição, o Flamengo vive seu auge na Libertadores desde 1981. 
Por: Matheus Vinícius e Joubert Júnior

Veja como foi a trajetoria do Mengão na Liberta: 

Fases de Grupos: Em uma estreia mediana, o Flamengo derrotou o San José com um placar magro de 1x0 em uma partida típica de Libertadores, em um Maracanã cheio e torcida animada. Logo depois veio a incrivel goleada de 3x1 em cima da LDU, e um balde de água fria contra o Peñarol dentro de casa. 

A inconsistência do time deixava o torcedor com o pé atrás e aflito, aflição essa que foi esquecida na goleada de 6x1 contra o São José, mas que foi relembrada novamente no tropeço contra a LDU, e o empate fora de casa contra o Penãrol. No entanto, a campanha foi suficiente para a classificação, com 3V 2D 1E, 11 gols marcados e 5 sofridos, e um surpreendente pedido de demissão de Abel Braga após o termino da primeira fase.

Oitavas de final: De treinador novo, o Flamengo enfrentou o Emelec nas oitavas, o time rubro negro foi derrotado pelo os donos de casa no primeiro jogo. A estreia de Jorge Jesus na Libertadores não foi agradável, e logo após o jogo o treinador sofreu questionamentos sobre seu trabalho por parte da mídia e da torcida. Além da derrota, o que abalou o time foi a triste lesão do camisa 10 Diego, e com isso, tudo caminhava para ser mais um fracasso do Flamengo. No entretanto as coisas mudaram para o Flamengo no segundo jogo, em um Maracanã lotado, o Flamengo venceu a equipe equatoriana e devolveu 2x0 ao Emelec e em uma emocionante disputa de pênaltis, venceu o Emelec por 4x2, para alívio de Jorge Jesus.

Quartas de final: Em duelo brasileiro, o Flamengo abriu uma vantagem de 2x0 sobre o Internacional, uma bela atuação do Flamengo com o DNA do português Jorge Jesus. No Beira Rio, o Internacional foi para cima, mas o time carioca segurou o empate de 1x1 e de forma eletrizante, voltou a uma semifinal depois de 35 anos.

Semifinal: Mais uma vez contra um time do sul do país, o rubro negro enfrentou desta vez, o Grêmio em um duelo técnico entre Jesus e Renato, o jogo terminou em 1x1 e a decisão foi para Rio de Janeiro, no templo do futebol. De forma histórica e surpreendente o Flamengo aplicou a goleada de 5x0 em cima do Grêmio, e em uma das melhores atuações do time do ano, o rubro negro carimbou sua ida para Lima.

Final: Em um capitulo que ainda será escrito, Flamengo x River se enfrentam em uma final histórica. O time argentino faz a sua terceira final em 5 anos, e do outro lado, os comandados de Jesus apostam no ataque e na velocidade. No sábado (25) saberemos quem levará o caneco, a única certeza é que será um jogão em Lima.

3 Comentários