Por onde andam as últimas revelações do Brasileirão?

Por Joubert Júnior
Foto: Reprodução
FutebolNews, Rio de Janeiro

Ao final de toda temporada no futebol brasileiro, um nome é escolhido como a grande revelação do Campeonato Brasileiro. Abaixo iremos relembrar os premiados de 2019 até 2010.

MICHAEL/GOIÁS - 2019

Michael é a típica boa surpresa de um campeonato. Fazendo sua estreia no Brasileirão, o jovem atacante foi o principal jogador do Goiás na temporada. Em 35 jogos, guardou nove gols e colecionou boas atuações que despertaram interesses de diversos clubes. Atualmente, Michael tem sua contratação disputada por Corinthians, Palmeiras e Flamengo.

PEDRO/FLUMINENSE - 2018
Artilheiro do clube no ano e merecedor do prêmio, Pedro teve um 2018 de reviravoltas no Fluminense. Um começo de temporada avassalador que foi interrompido por uma grave lesão no joelho. O camisa nove realizou 40 jogos pelo tricolor naquele ano e fez 19 gols. Em setembro de 2019, Pedro foi anunciado pela Fiorentina, da Itália.

ARTHUR/GRÊMIO - 2017
Além dos prêmios de revelação e melhor volante, Arthur levantou a tão sonhada taça da Copa Libertadores em 2017. Seus números foram de impressionar naquela temporada. Esteve presente nas 17 das 18 vitórias do Grêmio no Brasileirão e foi líder nas estáticas de passes certos. Atualmente, Arthur é jogador do Barcelona.

VITOR BUENO/SANTOS - 2016

Revelado pelo Santos, Vitor Bueno foi destaque principal do peixe com atuações importantíssimas. Realizou 49 jogos em 2016, com 13 gols marcados. No último dia 11, o meia assinou sua renovação de contrato com o São Paulo até o fim de 2023.

GABRIEL JESUS/PALMEIRAS - 2015
O ano de 2015 foi muito importante para Gabriel Jesus, além da consagração individual, o atacante conquistou a Copa do Brasil. Em sua primeira temporada como profissional foram 20 jogos no Brasileirão e quatro gols marcados. Atualmente, G. Jesus é atleta do Manchester City e um dos titulares da Seleção Brasileira.

ERICK/GOIÁS - 2014

E novamente o Goiás nessa lista, agora com Erick. O jovem atacante passou toda sua infância no clube goiano, chegando ao profissional em 2013 e seu ápice no próximo ano. Artilheiro do clube em 2014 com 15 gols, foi merecedor do prêmio individual. Posteriormente, Erick teve passagens por Palmeiras e Botafogo, atualmente está emprestado ao Yokohama Marinos, do Japão.

MARCELO CIRINO/ATLÉTICO-PR - 2013

Premiado como revelação do futebol brasileiro e vice-campeão da Copa do Brasil, uma enorme temporada em 2013. Com status de grande promessa, Cirino foi vendido ao Flamengo e também teve passagens pelo Internacional, Al-Nasser e depois retornando ao Furacão. Chongqing Lifan, da China, anunciou sua contratação recentemente.

BERNARD/ATLÉTICO-MG - 2012

Jovem e promissor, Bernard caminhou junto com o Atlético-MG ao vice-campeonato do Brasileirão 2012. Suas boas atuações o levou para a Seleção Brasileira e em 2013, a grande conquista da Taça Libertadores. No mesmo ano, o meia foi vendido para o Shakhtar Donetsk e atualmente veste a camisa do Everton, da Inglaterra.

WELLINGTON NEM/FIGUEIRENSE - 2011

Um destaque improvável e num clube improvável. Wellington Nem viveu um 2011 muito intenso no Figueira e colecionou exibições de alto nível. Nem foi vendido para o Fluminense e depois para o Shakhtar Donetsk, além de uma curta passagem pelo São Paulo. Atualmente, o contrato de empréstimo do atacante com o tricolor carioca se encerra em dezembro.

BRUNO CÉSAR/CORINTHIANS - 2010

Vice-campeão brasileiro e eleito revelação da competição, Bruno César viveu um 2010 muito bom. O meia foi papel importante na temporada do timão, marcando 14 gols ao longo da temporada. Posteriormente, Bruno passou principalmente pelo Palmeiras e Sporting de Portugal. Hoje em dia, é camisa dez do Vasco da Gama.





0 Comentários